A tendência do minimalismo na decoração

A tendência do minimalismo na decoração

O minimalismo não é somente um estilo de vida como também uma tendência da decoração.

Se na vida ser minimalista é ter apenas o necessário, na decoração essa ideia também faz parte. Pois, o objetivo aqui é fazer um design personalizado, mas que não sejam apenas peças decorativas, e sim, que cada componente da decoração possua uma função real. 

Dessa forma, a extravagância não é uma característica minimalista, mas sim, a simplicidade, a elegância e a utilidade. Com isso, na decoração minimalista é comum uma casa com muito espaço, poucos móveis e poucos componentes para arrumar no dia a dia. Achou interessante essa tendência? Nos acompanhe e saiba mais sobre ela!

Menos é mais?

Essa frase é comumente conhecida, e ela se aplica ao minimalismo também. Uma vez que esse estilo prega por manter e ter aquilo que é necessário e que realmente faz diferença em nossas vidas, nesse caso, em nosso lar/escritório/cômodo, a redução de coisas desnecessárias é uma consequência.

Sendo assim, passamos a perceber melhor o que de fato é importante no nosso ambiente, e percebemos que o menos, realmente, é mais!

Portanto, no estilo minimalista há a redução do número de elementos decorativos sem objetivo, e também de outras peças que não estão sendo utilizadas, como por exemplo, um sofá em que ninguém se senta, uma televisão em que quase não se assiste nada, enfim, coisas que não são essenciais. 

Características do Minimalismo

No que se refere a cores, essa tendência presa por cores mais neutras, entretanto, nada impede que se adicione cores à composição, o importante é conseguir equilibrá-las. Um bom jeito é encontrar harmonias sem tanto contraste, como a harmonia análoga (cores próximas, como o verde e o amarelo-esverdeado) e a monocromática (variação de luz e saturação de uma mesma cor).

Entre as mais utilizadas, estão: o preto, o bege, o branco e suas variações. Isso vale tanto para as paredes, quanto para os móveis e outros objetos. Aliás, os móveis são escolhidos com a maior prudência possível. Sempre pensando no que é essencial, esses móveis não devem atrapalhar o espaço do ambiente. 

Portanto, uma boa pedida são móveis que possuem mais de uma utilidade, dessa forma, diminui-se o espaço utilizado e facilita ainda mais as tarefas. Esses são conhecidos como móveis inteligentes. 

Além disso, uma das características do minimalismo são os ambientes claros. Por isso, paredes em tons mais claros são tão comuns, pois ajudam a deixar o ambiente mais iluminado. 

Essa característica ajuda a fazer com que o ambiente pareça maior, daí entram os elementos de design para ajudar a compor, alguns quadros, plantas, pinturas nas paredes.

Dicas de decoração

Espelhos

Como já dissemos, o minimalismo presa por deixar o ambiente maior, mais amplo e arejado. Sendo assim, os espelhos ajudam muito nesse objetivo, uma vez que dão a sensação de longevidade e amplitude. 

Com isso, não precisa comprar vários espelhos, às vezes, um já garante esse resultado. Espelhos grandes, que vão do chão ao teto, por exemplo.

Iluminação natural

Já que a iluminação é uma das características minimalistas, a melhor delas, com certeza, é a iluminação natural, por aproveitar ao máximo a luz do sol e usar menos recursos de iluminação durante o dia. 

Para isso, algumas opções são janelas grandes, aberturas no teto (tampadas com vidro) e, até mesmo, paredes de vidro. 

Objeto principal do cômodo

Outra dica muito legal para sua decoração é utilizar um elemento como objeto principal no ambiente/cômodo. Por exemplo, se na sua sala o objeto principal for o sofá, o ideal é que todo o restante dos elementos que compõem a decoração desse ambiente ornem com o objeto principal.

Mas lembre-se! Menos é mais, não use tantos elementos na sua decoração, use o essencial.

Espaços vazios

Para uma decoração minimalista, os espaços vazios são fundamentais porque trazem ainda mais a sensação de amplitude e de ambiente arejado. 

Caso sua casa ou cômodo não for grande o bastante para manter uma parte completamente vazia, a dica é apostar em deixar os elementos mais vazios, como: poucos itens na sua mesa ou espaços de uma estante desocupados.
Gostou do nosso conteúdo? Então acesse o blog da Decorativa e confira mais dicas de decoração!

FALE COM A GENTE